domingo, 26 de setembro de 2010

A chuva



Cabelos voando ao vento
Vento forte
As árvores bailam ao seu sabor
Folhas pelo chão
Um vento frio... como a saudade
Prenúncio de chuva
Chuva forte... intermitente
Chuva copiosa
O anúncio da primavera
Ipês floridos, pássaros cantando
Porém, o céu ainda está nublado
E a chuva ruge no telhado
Lava minh'alma
Leva embora a saudade
Vai chuva, leva... para bem longe
Ao amanhecer o sol voltará
Invadindo a cidade com seu brilho
Trazendo a esperança
Com seus raios cintilantes
Desabrochando a primavera
Colorindo os campos
Aquecendo os corações...

5 comentários:

  1. Mais uma vez vc se supera. E sabe da boa. Ipê é a árvore símbolo de nosso município.

    Além do mais: adoro chuva hehehe

    ResponderExcluir
  2. Uia...como essa minha amiga está poderooooooosaaaa. Produzindo textos de maneira linda, emocionante e envolvente. Parabéns

    ResponderExcluir
  3. ♫♪Chove chuvaaaaaa... chove sem parar!!♫♪
    Chuva vem pra lavar a alma, pra limpar as impurezas de uma vida que tem que ser levada na tranquilidade , sem preocupação...
    Quando penso em chuva, me vejo olhando os pingos cair e não pensar em exatamente nada... acho q essa é a única hora que consigo essa proeza!!
    Por isso necessito de chuva... de renovação!!
    Texto envolvente como sempre!!
    Muito bom Edi

    Geovanny ArAl
    http://geoaral.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Arrobinha, adoreiii!
    Lindo! Tudo que vc tá falando ai, foi a chuva que eu tomei ontem , que lavou a alma e levou a saudade embora!
    Perfeito!
    Parabéns!

    ResponderExcluir