domingo, 12 de setembro de 2010

Uma saudade


Doce sonho!
Noites de verão frente ao mar
Dançamos sob as estrelas
Testemunhas taciturnas do amor 

Saudades tuas!
Transborda o peito, sangra os olhos
Saudades de quem não conheci
Saudades do que nunca existiu

Doce sonho! 
Madrugadas de outono
A melodia do teu violão
Nos olhos esperança e desejo

Saudades tuas! 
Penetrante e insaciável
Que aprisiona e tece a solidão
Hoje, saudades de mim.

Doce sonho!
Longo e frio inverno
O cheiro, o toque... o beijo
Labaredas em meu coração

Saudades tuas!
Que vai desenhando um pedaço de mim,
Arrancando suspiros na escuridão da noite
Doce sonho... doce pesadelo



Post escrito em parceria com a amiga Rozeli Mesquita de Campinas-SP (@RozeliMesquit)
Leia mais do belo trabalho dela clicando AQUI... poetisa de primeira grandeza, deu-me a honra de duetar com ela, eu uma simples aprendiz... obrigada Roze!!

11 comentários:

  1. Edi,
    Eu que tenho a honra de poder duetar com voce. Irei ver textos belíssimos escritos por voce, como os que ja li neste blog. Parabéns. Estou sem palavras

    ResponderExcluir
  2. Wow!! Poesia pura...
    Parceria bem feita...
    Que pena que nos tempos de hoje poesia não é bem valorizada...
    Todo mundo considera quem faz poesia ou louco(a), ou afeminado no caso dos homens...
    Sou louco, mas afeminado nem chego perto.. kkkkk!
    curto coisas antigas e bem feitas...
    e como sempre ... o devaneio pulsante só traz textos bem feitos...
    Parabens... como sempre neh

    Geovanny Aral
    You only live Once >> http://geoaral.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Bem aqui estou eu novamente! como sou fã de carteirinha da dona deste blog eu me sinto até orgulhoso em comentar as coisas dela, ainda mais nesse caso que é um dueto com a Rozeli que é outra amiga virtual mas que a exemplo da Edilene, me parecem bem proximas. Este dueto tem tudo pra funcionar, ainda mais que as duas moças fazem parte da "patrulha das letras" entao tecnicamente ja teriam facilidades pra escrever, coisa que faço com certo receio. Mas quando falamos de emoção ai sim é que me convenço que essa dupla é boa. Sinto que veremos coisas bem legais por aqui...sigam em frente meninas, estarei sempre orgulhoso de poder comentar por aqui. Beijos e parabens.

    ResponderExcluir
  4. "saudades de mim"

    isso resume tudo

    ando tão, mas tão triste. foda

    bjus

    ResponderExcluir
  5. Que lindo Edi! Parabéns pra vocês belas e talentosas poetizas!
    Aprendiz nada...
    Beijos! Ótima semana, com saudades, afinal, saudade é o amor que fica! E o que somos sem o amor?
    T+

    ResponderExcluir
  6. Amiga que o seu talento cada vez aflore mais,continue com todo esse sentimento,bjs

    ResponderExcluir
  7. Isso tudo parece que é um dueto musical, cada uma com um instrumento, ambas tirando o máximo que se pode esperar de um instrumento. Fantástico

    ResponderExcluir
  8. Uau, a cada post me surpreendo mais!
    São sempre ótimos e verdadeiros.
    E não gosto muito do fato de ser verdadeiro! Poxa, custava a saudade ir da ruma volta e demorar muito a voltar, e quem sabe nem voltar?! Ainda mais a saudade do que nunca existiu?!

    Di e Rozeli, adorei (pra variar neh). com certeza lerei sempre o blog!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  9. Pois estou alegre por ter conhecido uma pessoa
    tão legal como você, tão diferente, tão bacana.
    Diante da mesmice que a vida propõe, diante de
    tanta gente vazia, conheci alguém com conteúdo.

    É não sei não...
    Mas gostei de você e quero te falar
    que eu estou feliz por ter conhecido você!

    Adorei cada linha, vc e a querida Rozeli estão de parabéns.

    ResponderExcluir
  10. Duas poetisas muito queridas, o que esperar? Escelente teto, lindo, lindo lindo, mesmo! Rozeli tem o dom de despertar as palavras nas pessoas, e isso é raro. Parabéns às duas!

    Fabio Piva
    http://paciencianegativa.blogspot.com/

    ResponderExcluir