domingo, 31 de outubro de 2010

A presença


Céu nublado, chuva que cai
Pensamentos soltos giram ao meu redor
São muito rápidos, não consigo concatenar
Explodem como fogos em dia de festa
Muitos, de vários tons e intensidade
E a chuva cai mansa e constante
Tento frear meus impulsos
Respirar fundo e ver pra que lado seguir
Não consigo...
Para onde quer que eu olhe sua presença é latente
O que quer que eu faça traz você à minha cabeça
Uma música, um filme, o capítulo da novela
Você sempre está lá
Como consegue estar nos meus lugares?
Por que vem sem ser chamado?
Só não sinto o cheiro
Mas a presença é fatal
Tão certa como o sal no mar
Para a chuva...

3 comentários:

  1. Depois você fala que eu que escrevo pra caramba neh!! kkkkkkkkkkkkk!
    Bom texto.. como sempre!!


    Geovanny ArAl
    http://geoaral.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Post perfeito prum dia de chuva...
    Beijo

    Hugo
    www.hugopt.blogspot.com - Sem Anestesia

    ResponderExcluir
  3. Lindo!!! Pena que hoje não chove mais,mas é bom "ter você de volta".bjs

    ResponderExcluir