sábado, 15 de janeiro de 2011

As flores estão lá

Quando ele menos esperava
O chão abriu sob seus pés
Foi tragado abruptamente
Não havia ali um galho sequer onde se agarrar
Deixou-se cair
Foi caindo... caindo... até o fundo
Não entendia o que estava acontecendo
Pensava que aquilo tudo era parte de um sonho ruim
E logo acordaria e estaria tudo bem
Porém se enganou
Acordou e continuava dentro do pesadelo
Sem entender absolutamente nada
Estava tudo acabado
Intriga... discussão... veneno
Mas ele nunca está sozinho
Em seu jardim permanecem as flores
As flores que ele rega e cuida com esmero
...
Agora os olhos brilham 
Um sorriso se estampa em seu rosto


2 comentários:

  1. "Eu vejo flores em você...."(8)
    Nunca se está completamente sozinho!!

    Geovanny Aral
    http://geoaral.blogspot.com/

    ResponderExcluir